Social selling para empresas

Share Button

Hoje em dia, as pessoas estão rodeadas por conexões, compartilhamentos, likes, hashtags, enfim, vivemos totalmente ligados à internet. No meio empresarial, não é diferente. Por isso investir em social selling, certamente, é uma ideia que conduz ao sucesso.

Mas o que é social selling?

É vender pela internet, por meio de um relacionamento criado a partir das redes sociais.
Fazer social selling é utilizar todas as ferramentas do marketing digital, disponíveis nestas plataformas, para conversar com os clientes de um jeito mais próximo.

E não são apenas as negociações com consumidores finais. Mas também o B2B, que, ou seja, as transações comerciais entre duas empresas. Afinal, são as pessoas que fazem a gestão empresarial. E dificilmente elas não tenham perfis nas diversas redes sociais existentes.

Como funciona o social selling para B2B?

É preciso criar estratégias que possam alcançar as pessoas certas dentro das empresas. Chegando a elas inicia-se o relacionamento comercial. Para isso sua organização deve criar perfis nas principais redes sociais, fazer publicações interessantes e manter contato constante com os usuários.

Qual a melhor plataforma para praticar o social selling no marketing B2B?

O business to business obtém resultados mais eficazes quando utilizada as mídias segmentadas, como é o caso do Linkedin. Se bem que existem grandes possibilidades de conquistar novos clientes B2B em outras redes, como Facebook, Instagram ou Twitter.

Mas o Linkedin é uma ferramenta especificamente profissional, por isso, atende o objetivo do vendedor que quer direcionar suas estratégias às pessoas pré-dispostas a fazer novos negócios.
Seja comprar, ou vender.

Social selling com Linkedin Sales Navigator

Esse recurso facilita o trabalho do vendedor e usa os mais de 600 milhões de usuários para potencializar vendas e gerar leads. Os números do Linkedin são respeitosos, chegando a gerar 45% mais oportunidades.

O uso é simples. Após a contratação, o usuário indicado pela empresa poderá fazer buscas avançadas pelos mais variados perfis de executivos presentes na rede social. De acordo com o plano contratado (são três disponíveis), é possível encontrar perfis e abordar pessoas via mensagem direta com a confirmação do recebimento pela plataforma. A ferramenta também possibilita a integração dos dados com o CRM da empresa.

Um recurso que acelera a prospecção e coloca o social selling na rotina dos vendedores. Porém, é importante saber identificar um perfil de cliente ideal antes de usar uma ferramenta como o Sales Navigator. Afinal, não adianta ter uma ferramenta tão poderosa na mão sem saber o que buscar.

E como você entra no jogo das vendas pelas redes sociais?

Para aumentar as chances, não deixe de otimizar seu perfil na rede social com publicações de notícias do setor, institucionais, conteúdos que agreguem conhecimento ao leitor e informações relevantes.O ponto fundamental está no que você tem a oferecer. Quanto mais material rico for disponibilizado, mais sua estratégia poderá ser bem sucedida no social selling.

Aliás, essa é a palavra chave aqui: estratégia. Escolher a rede social certa e saber gerenciá-la com foco em resultados é a chave para ter sucesso e captar leads qualificados nessa mídia.

Use fotos, vídeos, infográficos, áudios e outros recursos que chame a atenção do seu público-alvo.
Lembre-se sempre de publicar imagens de alta qualidade e certifique-se que os dados da sua empresa estejam corretos e completos.

E uma outra dica importante: crie um grupo focado em B2B para gerar ainda mais engajamento.

Para entender um pouco mais sobre o mecanismo das redes sociais e como elas entregam o seu conteúdo ao público, veja esse artigo que preparamos.

Ah! E não deixe de deixar a sua dica sobre social selling nos comentários abaixo!

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *