As redes sociais mais usadas no mundo B2B

Share Button

Em tempos em que a necessidade de estar presente na internet é cada vez maior, dúvidas sobre qual rede social é mais adequada para uma empresa ainda são comuns.O fato é que a força do marketing digital é enorme e andar à margem desta tendência não é uma boa escolha. Isso fica bem claro ao avaliar como as ações aplicadas, nas várias plataformas disponíveis, podem se encaixar perfeitamente nas estratégias de marketing. E o “business to business” (B2B) conta com as mídias sociais para fomentar novos negócios.

Quais são as redes sociais mais usadas no B2B?

Um estudo feito pela Social Media Examiner concluiu que, já em 2015, o Facebook era o campeão no mercado B2B, chegando a ficar com mais de 50% da “pizza”.

Temos muitas outras como YouTube, Twitter, Pinterest, etc. Porém vamos destacar as duas mais utilizadas por este segmento:
Facebook – mais de 130 milhões de usuários
Linkedin – mais de 25 milhões de usuários

O Instagram corre por fora, com alto índice de crescimento nos últimos meses, principalmente para mercados B2B.

Em 2016, a Revista Forbes, publicou um estudo em que 39% dos profissionais de maketing identificavam bons retornos sobre investimentos oriundos das redes sociais. E há uma previsão de que, em 2021, o número de usuários, ativos na web, ultrapasse os três bilhões no mundo!

Facebook

Você já chegou a pensar que investir em anúncios no Facebook é perda de tempo e não gera bons resultados?
Saiba que não é só você que, equivocadamente, fez esta análise. Mas vamos desmistificar esta questão. A contar da data de sua criação, até os dias de hoje, a plataforma já passou por uma grande evolução.

Foi pensando no mercado B2B que vários recursos foram adicionados, entre eles, a segmentação de público para publicação de anúncios. Se no Brasil são mais de 130 milhões de pessoas conectadas ao Facebook, imagine o intenso tráfego de usuários, diariamente.

Outro detalhe é que nem sempre os anúncios precisam ser pagos, pois posts no feed são gratuitos. Por isso, é importante um planejamento de conteúdo direcionado ao público certo para aumentar o engajamento da marca, ampliando também seu alcance com o público.

Linkedin, a rede social dos negócios

No LinkedIn as publicações são exclusivamente voltadas ao networking, vendas, novas parcerias, emprego, etc.
Os filtros auxiliam na busca por pessoas, cargos e setores. Com isto é possível fazer um mapeamento do perfil procurado. Empresas que já criaram sua persona, por exemplo, podem utilizar o LinkedIn Sales Navigator, um excelente recurso de prospecção.

Essa rede social é indispensável para empresas que vendem produtos e serviços para outras empresas (B2B).

Para finalizar, é muito importante que todo o trabalho estratégico seja criado por profissionais da área de marketing. Seja como ferramenta para reconhecimento de marca (branding), em planejamento de mídia para captação de leads ou até para a equipe de vendas encontrar os seus prospects, os projetos bem elaborados geram resultados reais para quem busca leads B2B.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *