Sua empresa está em constante crescimento?

Share Button

Nem sempre é simples controlar uma operação. Vendas, fluxo de caixa, custos, contabilidade. É difícil dizer em uma resposta simples se a empresa está crescendo de forma saudável ou se está estagnada. Afinal, dar atenção apenas aos números financeiros pode ser uma armadilha. Então, qual o melhor indicador de desempenho a se aplicar?

A melhor forma encontrada para ter a resposta ao alcance das mãos, e não depois de muitas contas, foi a definição de indicadores de desempenho. Esses indicadores são dados concretos que mostram a realidade do negócio. Uma forma rápida de se ter respostas, sem precisar considerar diversos fatores de uma só vez.

Entenda os KPIs

Normalmente chamados de KPIs (key performance indicators), os indicadores de performance são previamente definidos para controlar o desenvolvimento de certa operação ou projeto. Pode ser um número absoluto ou uma porcentagem, que vai ajudar a entender se aquele ponto do negócio está se desenvolvendo como esperado ou não. 

Um exemplo simples seria algo como: “Estou aprendendo a tocar violão. Se conseguir tocar o álbum X em três meses, sei que estou me desenvolvendo bem nas aulas.” Nesse caso, Tocar o álbum X em três meses é um objetivo. A quantidade de músicas aprendidas após o primeiro mês pode ser seu KPI, o que vai indicar se está evoluindo bem ou não.

Um indicador de performance é igual a uma métrica?

Definitivamente não. No exemplo acima, uma métrica simples seria: “Sei tocar duas músicas do álbum X.” A questão aqui é entender a evolução, por isso, o KPI vai ajudar a entender como anda o processo. A quantidade só é relevante se estiver atrelada ao objetivo. Se o álbum X tem 12 músicas, ao final do primeiro mês preciso saber quatro delas, ao final do segundo mês, oito. Assim, ao final do terceiro mês conseguirei atingir o objetivo. Meu KPI é o número de músicas que aprendi durante o último mês. Minha métrica é mais simples, algo como quantas músicas eu sei. Em alguns momentos esses dados podem se confundir, por isso é importante que o indicador de desempenho esteja sempre atrelado a um objetivo.

Levando essa brincadeira para a realidade do marketing digital, seria como medir a quantidade de visitantes que recebo no blog durante o último mês, tendo como objetivo triplicar após dois meses. Meu KPI, nesse caso, será a quantidade de visitantes conquistados. Minha métrica é a quantidade de visitas. Na prática, o indicador de sucesso vai mostrar se estou no caminho certo. A métrica vai ajudar a defini-lo.

Como definir e utilizar os KPIs

Já sabemos que os KPIs ajudam a entender o momento da empresa, mas é preciso planejar para que esses indicadores de performance funcionem como esperado.

Primeiramente, é preciso definir objetivos. O ideal é responder essas 4 perguntas:

  • Onde a empresa quer chegar? 
  • Como esses objetivos serão atingidos? 
  • Quais meios serão utilizados?
  • Como mensurar essa evolução?

Com essas respostas você monta o seu KPI. Pode trocar “empresa” por departamento ou projeto. Tudo depende do universo a ser considerado para esse indicador. 

Para ajudar, um método eficiente para definir objetivos é o SMART:

(S) Específico, (M) Mensurável, (A) Atingível, (R) Relevante e (T) Temporizável

Uma forma simples e inteligente de escolher um objetivo para trabalhar ao longo do tempo. A partir das suas respostas, será possível definir KPIs eficientes para entender o seu negócio.


Então, indicadores de desempenho resolvem todos os seus problemas?

Não acredite em duendes. Os KPIs oferecem uma forma de medir a evolução de forma inteligente, mas não são a solução para tudo. Uma boa definição de objetivos, metas e a estratégia para alcançá-los é que vão resolver problemas . Ah, adicione a esses fatores muito trabalho e você certamente terá uma forma eficas de superar desafios.

Se você está em busca de aumentar o desempenho dos negócios, veja essas dicas de crescimento.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *