O Instagram não mostra mais likes, o que muda para as empresas?

Share Button

Há alguns dias a empresa que administra o Instagram anunciou que os usuários da plataforma não visualizariam mais a quantidade de likes nas postagens de seguidores, ou dos perfis que seguem.
Os brasileiros foram surpreendidos com a novidade no último dia 17 e a confusão foi geral. Afinal, onde estava o número de curtidas?

Segundo o Instagram, essa medida é permanente e o Facebook, dono da rede social, já estava fazendo alguns testes em outros países, como o Canadá que já tem os likes ocultados desde maio deste ano.

O que muda para empresas ou influenciadores?

Para quem usa o Instagram profissionalmente, que é o caso de empresas ou empreendedores, o foco agora deverá ser conteúdo.
O marketing digital terá ainda mais protagonismo na criação de estratégias efetivas e seguirá um caminho diferente daquele seguido até agora, onde o mais considerado era o número de usuários que clicaram no “coraçãozinho”!

A nova realidade não será mais pautada em robôs (bots) ou compra de seguidores. Agora será preciso fazer a diferença.
Portanto, esta pode ser uma oportunidade perfeita para se destacar pela qualidade e não mais pelo número de curtidas em um post.
Para o CEO da empresa Hello Group, Marcelo Proença, esta alteração é positiva. Ele acredita que os conteúdos relevantes são melhores do que aqueles medidos apenas por sua popularidade.

Este é o momento para sua empresa se adaptar

No início as empresas, marcas, produtos ou serviços deverão se adequar a esta nova fase da rede social e buscar meios de se ajustarem a esta mudança.

Métodos, práticas, estratégias e culturas, que já estavam estabelecidas internamente nas instituições, precisarão ser repensadas para este novo cenário. Agora a medição será realizada por meio de publicações com conteúdo relevante, designers e fotos de qualidade e temas que chamem a atenção do público-alvo.

O que fez com que o Instagram tomasse esta decisão tão polêmica?

A empresa alega que está preocupada com a saúde mental dos usuários e que adotou, há algum tempo, ferramentas para combater o bullying.

Uma delas é a que solicita que a pessoa confirme duas vezes um comentário que possa ser identificado como ofensivo ou ameaçador.
Parece mesmo que Mark Zuckerberg está levando bem a sério a ideia de contribuir com a saúde psicológica dos internautas.
Futuras ações deverão ser focadas no incentivo de relações pessoais mais constantes entre os usuários.

Quem faz um post ainda pode ver o número de likes, mas a principal diferença é que para saber a quantidade de curtidas em uma publicação de outra pessoa será preciso contá-las.

Mas, para as instituições que contam com a assessoria de uma empresa especializada em marketing digital, essa tarefa é bem mais simples. As agências fazem a gestão e acompanhamento destes números por meio de ferramentas especializadas que geram relatórios completos.

A mudança foi sido muito criticada, mas é só uma questão de tempo para que todos se acostumem com a novidade.

Você ainda ficou com alguma dúvida?
Então, deixe sua pergunta nos comentários!

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *