Growth Hacking: Como criar uma máquina de expansão e alavancagem do negócio

Share Button

Já faz algum tempo que esse termo está sendo aplicado, principalmente nas start-ups de tecnologia, onde o growth hacking se encaixou perfeitamente no modelo ágil de desenvolvimento do negócio. Mas como levar essa experiência para as organizações que não tem a mesma facilidade de movimentação?

O que é esse growth hacking?

É um modelo de trabalho que se baseia em experimentação de hipóteses, que utiliza o funil do marketing para gerar leads, relacionar-se com eles e desenvolver novos negócios. Orientar a empresa ao crescimento depende de um bom planejamento e uma equipe unida e em constante comunicação.

O growth hacking surgiu de um estudo feito com empresas que tinham crescimento acelerado por volta do ano de 2010. Essas empresas tinham alguns pontos em comum. O principal deles era entender que hoje em dia não se faz nada sem análise de dados. Por isso, essas empresas mantinham uma equipe focada no crescimento do negócio, fugindo do marketing tradicional e analisando dados constantemente para entender seu público e como alcançá-lo. A partir daí, a equipe formava um modelo ágil para validar hipóteses, testando-as e aprimorando-as.

Na prática, é planejar e aplicar uma metodologia de crescimento com liberdade suficiente para projetar, iniciar e refazer campanhas com foco nas vendas, baseando-se em dados. Tudo isso, com pessoas capacitadas que analisam esses dados e buscam otimizar resultados constantemente.

Como aplicar essa metodologia de crescimento?

O caminho para um método focado em crescimento não precisa ser longo. Vamos exemplificar na prática o que pode ser feito para começar uma estratégia que funciona:

  • Entenda o funil de vendas e como alimentá-lo, assim, você terá um caminho a seguir: atrair, relacionar, vender. Depois, busque uma solução para cada uma dessas fases. Ou seja, saiba de onde o seu cliente vem, como encantá-lo e torná-lo um cliente.
  • Defina o perfil do seu público, estude seus costumes e sua rotina. Assim você saberá como vai apresentar sua solução a ele. Essa é a sua persona.
  • Melhore seus processos atuais com ferramentas que agilizam o trabalho e geram dados específicos. Para o canal de vendas, por exemplo, um CRM é imprescindível para entender a jornada do cliente.
  • Levante um problema importante a ser solucionado e trabalhe nele. Reúna ideias, converse coma equipe. Um problema por vez.
  • Trabalhe o marketing nos canais que impactam o seu cliente. De forma planejada e constante.
  • O trabalho de crescimento deve ser constante. Esse, talvez, seja o segredo do crescimento. Muitas empresas começam e param sempre que uma ação não alcança as expectativas, ou quando uma ação gera muitos leads e sobrecarrega a equipe de vendas.
  • Analise sempre. Os resultados crescem na medida em que você acerta os ponteiros da estratégia. Uma estratégia de cresciemnto deve ser escrita a lápis e revisada constantemente. Não tenha medo de parar e recomeçar, quanto antes, melhor.

Para começar, não tente inventar a roda. Pesquise o mercado e aplique soluções já conhecidas. Assim, você coloca sua empresa nos trilhos do crescimento e não perde tempo. Growth Hacking é encontrar os caminhos para crescer de forma ágil, sem burocracias e processos demais Seja simples e conte com a ajuda de especialistas em cada segmento para organizar esse processo e melhorar aos poucos.

Share Button

Mais sobre marketing digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *